Hoje em dia é necessário mudar a direção do setor de construção para um desenvolvimento sustentável, tentando satisfazer as necessidades reais sem comprometer as necessidades das próximas gerações.

 

Para cumprir esse objetivo, a madeira e seus produtos derivados são o material mais adequado, devido às qualidades técnicas e ambientais.

 

Além de ser um material ecológico, a madeira traz outras excelentes qualidades, como: alta resistência, durabilidade, adaptabilidade, versatilidade.

01/

Produto Natural

a madeira é um produto de origem natural e renovável, cujo processo produtivo em relação a outros produtos industrializados, exige baixo consumo energético e respeita a natureza. É um dos escassos materiais de construção de origem natural, o que lhe proporciona uma série de vantagens em relação aos demais. A madeira não é tóxica, não liberta odores ou vapores de origem química, sendo portanto segura ao toque e manejo. Ao contrário de outras matérias-primas, a madeira quando envelhece ou deixa de desempenhar a sua função estrutural, não constitui qualquer perigo para o meio ambiente, já que é facilmente reconvertida.

03/

Renovável

fazemos uso da madeira como matéria-prima há milhares de anos. No entanto, este recurso continua disponível e a crescer em novos povoamentos florestais. Enquanto novas árvores forem plantadas de forma conscienciosa e sem comprometer os recursos naturais e, repor as abatidas, a madeira vai continuar a estar disponível. 

05/

Excelente Isolante 

A madeira é naturalmente um material isolante que cria uma barreira entre o calor e o frio. O isolamento é um aspecto de extrema importância para a redução da energia usada no aquecimento e climatização de edifícios. A madeira é um isolante natural que pode reduzir a quantidade de energia necessária na climatização de espaços, especialmente quando usada em janelas, portas e pavimentos. Apresenta boas condições naturais de isolamento térmico e absorção acústica.

07/

Fácil de Trabalhar

trata-se de uma matéria-prima muito versátil que pode ser usada de forma muito variada e que cumpre com certas e determinadas especificações, de acordo com o tipo de aplicação pretendida. Permite ligações e emendas fáceis de executar.

09/

Segurança

A madeira não oxida. O metal quando é levado a altas temperaturas pela ocorrência de fogo deforma-se, perdendo a função estrutural. Naturalmente, se o ferro do betão armado não estiver com o revestimento adequado, também este perde a função estrutural quando submetido a altas temperaturas. A madeira na natureza já desempenha uma função estrutural. Depois de serrada, quando utilizada como estrutura de um edifício, funciona como um elemento pré-moldado, de fácil montagem (leve, macio), que não passou por processos de fabrico que determinem sua resistência. O que determina a sua resistência é apenas a sua espécie.

11/

Reutilizável

Capacidade de ser reutilizada várias vezes.

13/

Beleza Inigualável

Apresenta uma grande variedade de espécies/padrões que tornam qualquer ambiente num espaço único, bonito, aconchegante e com personalidade.

02/

Baixo consumo de Energia

O processo de fabricação de madeira utiliza substancialmente menos energia por unidade de volume do que o aço, concreto ou alumínio: minimizando a quantidade de poluentes criados durante o processo. Isso significa que a construção com um metro cúbico de madeira, no lugar de outros materiais de construção, como concreto, blocos ou tijolos, pode economizar até 0,75 a 1 tonelada de emissões de CO2.

04/

Armazéns de Carbono

para a formação da madeira, as árvores captam o carbono da atmosfera, e libertam oxigénio. Ao fazermos uso da madeira, estamos a armazenar o carbono absorvido durante o tempo de vida da obra ou edifício no estado sólido, portanto, a evitar que este se liberte para a atmosfera e agrave o problema ambiental do efeito de estufa.

06/

Absorção do Ruído

as propriedades acústicas da madeira tornam-na ideal para minimizar o eco em espaços residenciais ou comerciais. A madeira absorve o som, em vez de refletir ou amplificá-lo, e pode ajudar a reduzir significativamente os níveis de ruído.

08/

Durabilidade

Os arqueólogos pesquisam peças antigas ainda existentes em madeira, tais como: sarcófagos, embarcações, esculturas, utensílios domésticos, armas, instrumentos musicais, elementos de construções. É possível observar-se algumas dessas peças em perfeito estado.

10/

Versatilidade de uso 

pode ser produzida em peças com dimensões estruturais que podem ser rapidamente desdobradas em peças pequenas, de uma delicadeza excepcional.

12/

Propriedades físico-mecânicas

Foi o primeiro material empregue, capaz de resistir tanto a esforços de compressão como de tracção. Tem uma baixa massa volúmica e resistência mecânica elevada. Pode apresentar a mesma resistência à compressão que um betão de resistência razoável. A resistência à flexão pode ser cerca de dez vezes superior à do betão, assim como a resistência ao corte. Não se desfaz quando submetida a choques bruscos que podem provocar danos noutros materiais de construção.

Porquê escolher madeira?

Construção de residência com madeira de Kambala, ripada e fornecida pela JSTomás. / Por Octo Building

 

© 2019 JSTOMÁS®. Todos os direitos reservados.

rua de corrêlo, 126, 4585-122 , gandra - porto

224114774

geral@jstomas.com

Política de Privacidade

Condições gerais de venda

  • Facebook
  • Instagram